Como se proteger de pragas virtuais nas redes sociais

Olá pessoal!

Consideradas “a bola da vez” entre as modalidades de relacionamento virtual, as redes sociais vêm conquistando um número cada vez maior de adeptos e, consequentemente, já atraiu olhares dos criminosos do cyber espaço.

O altíssimo número de participantes – principalmente pessoas que adicionam amigos indiscriminadamente -, associado á curiosidade, facilita muito a ação de oportunistas. A equipe da TrustSign, empresa especializada em certificação digital já identificou diferentes modalidade de phishing circulando pelas redes sociais como Facebook, Orkut e Twitter e alerta para que o usuário tome algumas precauções para evitar ser vítima de golpes virtuais.

O envio de links com conteúdos falsos como notícias, fotos e solicitações, entre outros, são a isca para que o internauta caia em uma fraude”, explica Marisa Viana, gerente comercial das TrustSign. “Os riscos vão dos mais simples, como usar o nome de um conhecido para divulgar links maliciosos e roubar senhas de e-mail, a outros mais sofisticados, como o envio de softwares que permitem ao criminoso ter acesso aos dados do computador, incluindo-se aí dados bancários, e outros ainda mais sérios”, explica a executiva.

Ela ainda ressalta que existem estratégias muito bem elaboradas, geralmente voltadas à obtenção de dados empresariais, que se utilizam de credenciais válidas para cruzar dados como documentos confidenciais e informações contidas em redes de e-mails, entre outros. “Muitas vezes, esse tipo de crime acontece sem que fique nenhum rastro do autor”, diz. Marisa também dá algumas orientações para proteção de dados no uso das redes sociais:

1. Não clicar nos links recebidos através de mensagens particulares ou deixados em posts. Se necessário, parar o mouse sobre o link e reparar se a descrição da URL é a mesma que aparece ao deixar o ponteiro do mouse sobre esse;

2. Não abrir mensagens nem posts de desconhecidos;

3. Sempre atualizar o sistema operacional do computador, bem como os softwares nele instalados;

4. Manter um antivírus sempre atualizado e executá-lo sempre que receber arquivos – também é imprescindível escanear a unidade de disco rígido do computador ao menos duas vezes por semana;

5. Ter um bom firewall pessoal instalado;

6. Lembrar que a curiosidade é seguida sempre de um risco, o qual pode ser seguido de impactos financeiros e a sua privacidade.

Fonte: http://www.fatimatem.com.br/guia/component/content/article/21-seguranca-do-pc/45-como-se-proteger-de-pragas-virtuais-nas-redes-sociais.html

Bem pessoal,

Ficam as dicas e sempre muita precaução!

Alex Feleol

2 Respostas para “Como se proteger de pragas virtuais nas redes sociais

    • Você deve imediatamente alterar senha, ou utilizar os métodos de recuperação de senha via email e celular…
      Faça tudo isso de um pc diferente do que vc usa, pode ter um keylogger no seu pc…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s